Cross Training: Treinamento em Circuito

O cross training pode ser definido como um plano de exercícios com foco em trabalhar todo o corpo para um melhor condicionamento físico e, claro, um bom visual. A proposta deste treino é trabalhar o corpo como um todo, melhorar a saúde enquanto se entra em forma ou apenas se manter em movimento. Anda se tornando cada vez mais popular no Brasil, tanto em academias como com personais em treinos em casa.

Cross training

Antes de dizer que jamais ouviu falar em cross training, talvez você já tenha até praticado na academia, pois seu outro nome é treinamento em circuito. A proposta dos educadores físicos e personal trainers é elaborar uma combinação de exercícios diferentes do que você costuma fazer e não apenas de uma modalidade, todos feitos juntos. O nome vem do fato de que alguns corredores profissionais começaram a fazer outro tipo de treino de fitness para melhorar a resistência e trabalhar mais grupos musculares ao mesmo tempo, como ciclismo, natação, uma aula de ginástica ou treinamento de força, para complementar seu trabalho de atleta na pista.

Os benefícios do cross training

Por que começar a fazer cross traning? Porque os especialistas listam inúmeros benefícios, como a redução do risco de lesão. Com o circuito o atleta irá espalhar o nível acumulado de estresse ortopédico sobre músculos e articulações e com isso podem aumentar a frequência dos treinos e praticar exercícios por mais tempo durante a semana ou em um mesmo treino.

O mais legal deste treino é que ele tenta ao máximo não sobrecarregar nenhuma parte do corpo, atuando na diminuição da sobrecarga de áreas particularmente vulneráveis do corpo e mais propensas à lesões, como joelhos, quadris, costas, ombros, cotovelos e pés. Os atletas ou iniciantes propensos à lesões devem incorporar em seu treino de cross training atividades de baixo impacto, como o treinamento elíptico, ciclismo e natação.

Como funciona o cross training

Um dos principais benefícicos do cross training citados em publicações do setor é a potencialização da perda de peso. As pessoas que querem perder peso e gordura corporal devem se envolver em um programa de exercícios para queimar calorias. Os treinos mais intensos do cross, com mais de 30 minutos, em um nível moderado de intensidade, movimentam muito mais partes do corpo que outros tipos de treinamento com uma intensidade cardíaca máxima. A perda de calorias, portanto, é maior.

Indivíduos com sobrepeso perdem gordura mais rápido com este tipo de treino do que apenas com atividades moderadas e cansativas, como esteira, corrida e natação. É sempre melhor para a queima de calorias trabalhar diversas partes do corpo ao mesmo tempo.

A sua resistência com certeza vai melhorar bastante. O treinamento de circuito pode incluir atividades que desenvolvem bastante a musculatura e melhora por consequência o condicionamento aeróbico. Com uma musculação comum você costuma ganhar músculos e ganha resistência ao peso, mas poucos conseguem correr de fato. Este tipo de treino ajuda tanto na musculatura quanto na aptidão física e você acaba respirando melhor e ganhando mais disposição.

Há ainda quem precise de mais incentivos do que a melhora da força e resistência muscular. Pesquisas mostraram que o treinamento de resistência pode ajudar as pessoas a evitar lesões, controlar o peso corporal e melhorar a capacidade funcional.

Veja abaixo como é uma aula no sistema cross training

 

Como começar o cross training?

Se você não suportar o primeiro dia do novo treino ou ficar cansado demais, fique tranquilo. Pesquisas mostram que a adesão é complicada porque é muita coisa em pouco tempo e por isso muitas pessoas desistem de programas de exercícios mais longos.

O cross training uma maneira segura e relativamente fácil de colocar variedade a um programa de exercícios e fica até menos chato, porque cada dia você faz menos coisas. No processo, que pode desempenhar um papel positivo na promoção de aderência ao exercício a longo prazo, reduzindo a incidência de lesão e eliminando ou diminuindo o potencial de riscos.

O cross training serve tanto para quem está se exercitando para manter o corpo em forma e saudável como para uma competição.

O que muda mesmo será a variação de exercícios a ser usada e a intensidade de acordo com a sua finalidade. Tente variar o seu programa de exercícios a cada treino para treino para experimentar coisas novas (e quem sabe gostar!) de diferentes tipos de atividades físicas, ou apenas acrescente uma nova forma de exercício, como treinamento de resistência, Pilates, power yoga, dentre outros.

Uma das maneiras mais fáceis de começar este tipo de treinamento alternar entre as atividades por dia. Você pode em um dia subir escadas e em outro fazer apenas jumping e yoga e assim por diante. Cada dia algo novo. Pode-se ainda alternar duas atividades físicas por dia, como andar em uma esteira por 10 minutos é uma forma de aquecer e depois você vai acrescentando e alternando musculação com aeróbica.

O cross training para perder peso

Para elaborar um plano de treino de perda de peso, uma boa dica é começar com uma natação. Exercícios na piscina ajudam perder peso, dar à musculatura mais força e flexibilidade, sem o risco de lesões.

Seja dinâmico. Tente elaborar sozinho ou com ajuda profissional uma rotina de flexibilidade dinâmica para ajudar a reduzir o atrito muscular na sua prática de exercícios. Se fizer tudo certinho, o cross training pode ajudá-lo a perder uma grande quantidade de peso em muito menos tempo que apenas uma aula.

Mais artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *