Sucoterapia: É boa? Emagrece? Como Fazer

A sucoterapia, ou terapia do suco, é um método de tratamento de doenças por meio de uma dieta exclusiva de sucos de frutas e vegetais. Começou a se tornar famosa quando ficou conhecida por ser uma forma mais eficaz de ajudar a deixar o corpo saudável e como método de rejuvenescimento. E quem não gosta de parecer mais jovem com uma alimentação saudável e ainda saborosa como o suco, não é mesmo?

A dieta do suco usa apenas sucos naturais de frutas e vegetais com a proposta de ajudar o corpo a alcançar uma recuperação muito mais rápida de doenças e conseguir uma limpeza do organismo mais eficaz. Também ajuda na regeneração dos tecidos e ainda tem sabores agradáveis. É bom ou não é pessoal?

 

sucoterapia - o que é

Como funciona a sucoterapia?

Com a ingestão diária de sucos de plantas, seu corpo vai responder de uma forma mais positiva a diversos tratamentos de saúde. Sucos específicos são indicados para problemas específicos. Além dos conhecidos benefícios de algumas plantas para a saúde, quem optar por este tipo de dieta alimentar vai conseguir de frutas e vegetais crus grandes efeitos no corpo e rejuvenescimento em todos os órgãos, glândulas e funções do corpo.

Dieta do suco

E por quanto tempo você deve fazer essa dieta? A sucoterapia pode durar uma vida. Mas tomar o suco em jejum deve parar por um tempo para seu corpo não se acostumar tanto e começar a eliminar os nutrientes. Mas ingerir sucos naturais e frescos pode fazer parte de sua vida todos os dias!

Como fazer a sucoterapia?

O indicado é tomar todos os sucos ainda em jejum para obter o máximo de sua dieta. Todos os alimentos devem ser frescos, sempre com um suco para ser consumido na hora. Enlatados e sucos congelados não devem ser utilizados.

Como fazer sucoterapia

Suco de laranja com gengibre

A sucoterapia não é indicada durante a gravidez ou amamentação, para lactentes, crianças pequenas e idosos. Algumas doenças podem tornar necessário evitar ou limitar a ingestão de determinados sucos.

Se você tem alergia a uma fruta, por exemplo, ela deve ser eliminada. Se tem diabetes, deve evitar frutas com muita sacarose como melancia, por exemplo. A diabetes pode ser agravada pelo consumo excessivo de determinados sucos.

Evite incluir quantidades excessivas de tomate e frutas cítricas em sua dieta para não aumentar a quantidade de alimentos ácidos. Somente frutas frescas, maduras e legumes, de preferência cultivados organicamente, deve ser utilizado para a extração de sucos. O consumo deve ser imediato e é indicado não colocar açúcar, mesmo que o sabor fique mais convidativos desta forma.

Uma dica dos nutricionistas é combinar sucos de frutas ácidos com frutas doces para equilibrar o ph do estômago. Isso pode ser alternado, sendo um de cada tipo por dia. Pode-se ainda tomar o mesmo suco por uma semana sem problemas. A dieta pode ser seguida de segunda a sexta ou todos os dias.

No começo você deve ingerir todos os lanches de suco para depois passar para refeições, sendo duas ao dia e continuar com uma principal. Após a sucoterapia, indica-se o retorno à dieta normal equilibrada gradualmente e em etapas.

Sucoterapia emagrece?

Por consequência sim, por isso há quem faça apenas com este foco. Os sucos fornecem ao corpo com sua ingestão diárias calorias em quantidade mínima e pouca gordura ou proteína. Proteína sacia a fome, por isso você menos com um maior intervalo de tempo.

Sucoterapia ajuda a emagrecer

O sucos extraídos de frutas e vegetais crus não necessitam de digestão e quase todos os seus nutrientes vitais  são assimilados diretamente na corrente sanguínea. Logo, você está nutrindo o corpo e se livrando de ingerir a parte ruim de alguns alimentos, como calorias e glicose em excesso.

Por que a sucoterapia é tão boa?

Sucos de frutas agitam as toxinas e ácidos no corpo, estimulando os processos de eliminação. Sucos de vegetais acalmam os nervos cansados ​​e fazem seu corpo trabalhar de uma forma muito mais suave. Além de expulsar o que não faz bem para o seu corpo, você consegue se manter mais saudável.

Mais artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *